top of page

Anatomia e Processos de Envelhecimento. Como associar harmonização de acordo com a idade

A procura pelos procedimentos estéticos tem aumentado a cada ano, evidenciando a preocupação da população em relação à saúde da pele, auto cuidado e preservação da saúde corporal. Com isso percebemos que o processo de envelhecimento tem incomodado bastante, porém conseguimos achar no mercado estético e nas áreas da saúde, como nutrição e educação física por exemplo, soluções para o “retardamento” desse processo de envelhecimento.

O rosto é a nossa porta de entrada, porém é a região que primeiro evidencia o envelhecimento, e porque isso acontece? Porque ficamos com o aspecto que o rosto está “derretendo” e que a pele está mole? Porque as manchas na pele aparecem?


Além dos fatores genéticos e das mudanças mentais que ocorrem ao longo do tempo com o amadurecimento e vivência, o corpo também muda conforme os hábitos, vida social e ambiente onde se vive, recebendo todo tipo de estímulo intrínseco e extrínseco. Porém as células do corpo ao longo da vida também estão sujeitas ao tempo, ocorrendo tal mudança. Portanto vamos focar nas mudanças fisiológicas e biológicas do organismo, ok?


Nosso corpo é formado por 3 camadas de tecido: a epiderme (camada mais superficial que chamamos de pele), a derme (camada abaixo da epiderme onde se encontram os capilares sanguíneos e outras estruturas) e a hipoderme ou camada subcutânea (camada abaixo da derme onde se encontram os coxins de gordura e o tecido adiposo). Também temos o tecido muscular e ósseo, que sofrem modificações e reabsorção com o passar dos anos, porém neste post vamos focar apenas nas camadas da epiderme, derme e hipoderme.

A derme é uma camada muito rica em fibroblastos (células produtoras de matriz extracelular, entre outras funções) que produzem as fibras de colágeno e elastina, além dos fatores de crescimento, o que dá o aspecto de firmeza para a pele. Quando jovens a derme contém muitos fibroblastos que tem uma intensa atividade de síntese desses componentes, porém no processo de envelhecimento essa síntese é diminuída devido a diminuição do metabolismo celular, acarretando na diminuição da produção de colágeno, maior degradação do colágeno existente e perda da elasticidade, o que reflete também na epiderme com o aumento da flacidez, das linhas de expressão e rugas.

Já a camada da hipoderme também contribui para alguns dos aspectos descritos acima, pois quando jovens os coxins de gordura encontram-se íntegros e mantêm a sustentação e preenchimento das estruturas que estão acima dele. Porém com o passar dos anos ocorre a reabsorção desses compartimentos de gordura além da queda da “qualidade” pela falta de colágeno e elastina, diminuindo a sustentação da região e evidenciando mais as estruturas ósseas profundas e côncavas, o que culmina no aspecto de derretimento da face, com o aparecimento mais evidente dos sulcos nasogenianos, sulcos labiomentonianos e até mesmo as olheiras.

Todos esses aspectos são percebidos na epiderme, que além de transparecer todos esses processos também recebe o estresse oxidativo do ambiente externo e dos processos internos, desenvolvendo as não desejadas manchas na pele.


Com o avanço do mercado estético, foram desenvolvidos produtos para ajudar na melhora desses aspectos, além de conseguir preveni-los se realizados adequadamente. O preenchimento com o ácido hialurônico ajuda no reposicionamento, preenchimento e sustentação dos tecidos, que além de melhorar o aspecto da pele também trata de dentro para fora, melhorando a hidratação e estimulando a produção de colágeno. Também foram desenvolvidos bioestimuladores de colágeno para aplicação em derme profunda, estimulando os fibroblastos a produzirem ainda mais essa proteína, promovendo melhora da qualidade do tecido, diminuição da flacidez e aumentando o espessamento da pele, diminuindo consequentemente o aspecto de fragilidade e afinamento. Além de muitos outros métodos avançados que promovem o reposicionamento tecidual, o tratamento dos tecidos e a melhora da vitalidade tecidual. Também são importantes os tratamentos básicos para o retardamento do envelhecimento, como uso de protetor solar, hidratação, entre outros cuidados diários.

O procedimento mais comum é a toxina botulínica conhecida por BOTOX® que inibe a ação do tempo nas linhas de expressão e formação de rugas.

Já o procedimento que está em maior crescimento são os fios de sustentação de PDO pois realizam um lifting, estimulam a formação de colágeno, dão um aspecto natural e rejuvenescem muito.







SAIBA SOBRE A CLINIC CURSOS


A Clinic Cursos é uma escola especializada em cursos na área da saúde. Ministra cursos de procedimentos estéticos injetáveis como harmonização facial, fios de sustentação, bioestimuladores de colágeno, PEIM, e intradermoterapia. Nasceu em 2019 e já formou mais de 2000 profissionais através de professores extremamente qualificados. Sua cultura é acompanhar o aluno até que atinja o sucesso profissional, e para isso não mede esforços em criar ações inovadoras no pós curso para melhor suporte. Nosso diferencial é ter muitos pacientes modelos para que o aluno tenha uma vivência clinica e muita prática das técnicas aprendidas, e aulas reforço gratuitas para que se aperfeiçoe sempre. Oferecemos conhecimento de alto nível com preço justo! Amamos receber depoimentos dos alunos e nos colecionamos avaliações 5 estrelas =)

Clinic Cursos - São Paulo SP


Responsável técnico: Dra Paula Caroline Garcia CRBM 32624 - Graduada em Estética, Graduada em Biomedicina, Pós Graduada em Docência, Mestranda em Biofotônica. Palestrante sobre saúde e autoestima em empresas como Santander, Leroy Merlin etc.; Escritora de colunas para revistas de estética; CEO e Coordenadora pedagógico da Clinic Cursos e CEO da Clinic Biomedicina estética; possui experiência de mais de 11 anos no mercado.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page