Intercorrências causadas na harmonização facial: como evitar?

Os procedimentos realizados na harmonização facial são os principais aliados de quem não quer passar por cirurgias, muitas vezes são a melhor ou única opção para tratar algumas queixas específicas.


Muito além de conhecer as melhores técnicas, o profissional da estética especializado em harmonização facial precisa entender sobre anatomia, intercorrências, complicações e como identificá-las e solucioná-las, trabalhar sempre com segurança e não seguir modismos sem embasamento científico, com o crescimento constante desses procedimentos é normal que aumente os casos de intercorrência ou complicações e precisamos estar atento para solucioná-las.


*Foto autorizada pelo cliente. Procedimento realizado na Clinic (não autorizado uso público).


O que é intercorrência?


Ato ou efeito de intercorrer, ou seja, acontecer no decurso de algo. Na harmonização facial chamamos de intercorrência eventos que são esperados como por exemplo leve dor no local de aplicação, edema, eritema, hematoma ou equimoses, pequenas assimetrias corrigíveis em retornos, sendo assim todos os procedimentos em especial os injetáveis terão algum tipo de intercorrência que devem ser avaliadas e identificadas pelo profissional responsável.


Um exemplo de intercorrência que não envolve complicações mas pode estar associada a erro de técnica é a formação de nódulos após preenchimento labial ou preenchimento de olheiras que deram errado por erro de camada ou excesso de produto, geralmente são resolvidos facilmente com compressões, ordenha do ácido hialurônico ou em último caso remoção total ou parcial com hialuronidase.


A formação de nódulos após preenchimento labial em 99% das vezes está relacionada com aplicação na parte úmida do lábio, retroinjeção desregular ou muito superficial, as vezes colocar mais produto do que o lábio suporta em uma sessão também pode fazer o ácido migrar ou acumular.


Já nas olheiras sempre indicamos preencher em plano profundo e em microbolus para que assim haja espaço para troca hídrica da região evitando bolsas ou o famoso efeito tyndall que seria a superficialização visível a olho nu do preenchimento.


O que são complicações?


As complicações são evoluções desfavoráveis, não são eventos esperados mas um eventual risco, na harmonização facial as piores e mais temidas são as isquemias ou embolias, necroses, infecções, reações imunológicas como herpes.


Que conhecimento anatômico é a base para qualquer profissional da saúde sabemos, mas além disso é parte fundamental para prevenir, identificar e solucionar complicações. Saber onde estão, em que profundidade estão e qual a importância dos vasos, nervos e músculos da face te farão um profissional completo e diferenciado.


Partindo da isquemia, quais são os sinais de necrose após preenchimento?


Primeiramente, esbranquiçamento da região pela falta de circulação sanguínea, seguido de um arroxeamento, posteriormente a região fica tomada por livedos reticulares e presença de Staphylococcus aureus através de pústulas, caso os primeiros sinais não sejam identificados a isquemia pode evoluir para perda de função do tecido e como consequência a necrose. Chegando neste nível será necessário intervenção médica, com antibioticoterapia, câmara hiperbárica e provavelmente cirurgia plástica. As complicações que envolvem lábio e nariz estão entre as mais relatadas.


Complicações preenchimento labial:

No momento onde o vaso é transpassado ou comprimido com preenchedor ele já apresentará os sinais citados acima, a isquemia não é apenas localizada. Ela pode se expandir aos tecidos adjacentes, logo, o paciente relatará dormência e dor intensa, isso em qualquer região isquêmica, neste momento o profissional injetor deve saber identificar e agir, aplicando incansávelmente doses de hialuronidase até que se perceba a volta da coloração e temperatura do tecido


Complicações rinomodelação:


Por possuir pouquíssimo espaço para expansão tecidual a região do nariz é a mais delicada e muitas vezes evitada pelos injetores, é essencial a escolha de um produto bom ao ponto de que não seja necessária grandes quantidades para obter um resultado, assim como no preenchimento labial a região ficará esbranquiçada, dormente e dolorida, a atenção deve ser maior ainda para que o produto não comprima vasos que irrigam os olhos, podendo causar amaurose irreversível.


Aqui na Clinic Cursos prezamos pela segurança de nossos alunos e pacientes, sempre trabalhando com técnicas seguras e com embasamento científico, reforçando o conhecimento anatômico em conjunto com as áreas de maiores riscos.




CLIQUE AQUI PARA SABER SOBRE CURSOS E PACIENTE MODELO





SAIBA SOBRE A CLINIC CURSOS


A Clinic Cursos é uma escola especializada em cursos na área da saúde. Ministra cursos de procedimentos estéticos injetáveis como harmonização facial, fios de sustentação, bioestimuladores de colágeno, PEIM, e intradermoterapia. Nasceu em 2019 e já formou mais de 2000 profissionais através de professores extremamente qualificados. Sua cultura é acompanhar o aluno até que atinja o sucesso profissional, e para isso não mede esforços em criar ações inovadoras no pós curso para melhor suporte. Nosso diferencial é ter muitos pacientes modelos para que o aluno tenha uma vivência clinica e muita prática das técnicas aprendidas, e aulas reforço gratuitas para que se aperfeiçoe sempre. Oferecemos conhecimento de alto nível com preço justo! Amamos receber depoimentos dos alunos e nos colecionamos avaliações 5 estrelas =)

Clinic Cursos - São Paulo SP


Responsável técnico: Dra Paula Caroline Garcia CRBM 32624 - Graduada em Estética, Graduada em Biomedicina, Pós Graduada em Docência, Mestranda em Biofotônica. Palestrante sobre saúde e autoestima em empresas como Santander, Leroy Merlin etc.; Escritora de colunas para revistas de estética; CEO e Coordenadora pedagógico da Clinic Cursos e CEO da Clinic Biomedicina estética; possui experiência de mais de 11 anos no mercado.

12 visualizações0 comentário