top of page

Botox®, durabilidade e o efeito vacina da toxina botulínica

Atualizado: 18 de mar. de 2022


aplicação de toxina botulínica


Introdução


Neste post abordaremos os seguintes tópicos:

- Marcas das Toxinas Botulínicas tipo A (TBA)

- Erros que podem gerar a imunização do paciente

- Durabilidade do Botox® depende de fatores diversos




*Fotos autorizadas pelos clientes. Procedimentos realizados na Clinic (não autorizado uso público). Por se tratar de organismos diferentes, não há garantia de resultado.



A Toxina Botulínica tipo A é uma neurotoxina muito utilizada para fins estéticos tanto para prevenção quanto para amenizar linhas de expressões já existentes.

Antigamente as pessoas acreditavam que o Botox® deveria ser usado por pacientes já em processo de envelhecimento ou pessoas idosas, porém pesquisas e estudos mais recentes demonstram outros resultados onde o uso precoce da neurotoxina o famoso Botox® auxilia tanto na prevenção de linhas de expressão quanto no rejuvenescimento desses pacientes jovens. O uso preventivo possibilita o envelhecimento com maior qualidade do tecido, evitando possíveis rítides. A toxina já é indicada a partir de 25 anos como o conhecido tratamento chamado de baby botox®, onde os profissionais utilizam poucas unidades de botox® nas linhas de expressão como forma de prevenção ao aparecimento de linhas mais profundas.


A administração de TBA (toxina botulínica tipo A) em pacientes jovens deve ser feita com cautela, afinal não devemos utilizar a mesma quantidade de unidades que usamos em um paciente acima dos 40 anos. Um bom profissional deve entender sobre alguns fatores como: idade, sexo, etnia e histórico do paciente. Esses conhecimentos evitam casos de resistência ao produto, conhecido como "Efeito vacina".


Marcas das Toxinas Botulínicas tipo A (TBA)

É sempre importante o profissional utilizar produtos certificados pela Anvisa trazendo bons resultados e segurança para seus pacientes. Nomes como Botulift®, Botox®, Botulim®, Nabota®, Xeomin® e Dysport® são comuns no mercado e cada marca possui um benefício e propósito. O Dysport® por exemplo possui um halo de ação maior do que as demais toxinas e é uma ótima opção para homens devido a força da musculatura. O Xeomin® é uma opção muito boa para pacientes que possuem resistência às demais toxinas devido sua formulação ser diferente da maioria das marcas do mercado.

Cada indivíduo é único e possui resultados diferentes com as marcas, portanto é sempre interessante o profissional trabalhar com mais de uma marca em seu consultório.


Erros que podem gerar a imunização do paciente:

A TBA (Toxina botulínica do tipo A) não deixa de ser um fármaco e todo fármaco deve ser administrado com cautela e cuidados. Quando é feita a aplicação de botox® no seu paciente é necessário ter a certeza que o mesmo está a mais de 3 meses sem fazer outras aplicações, afinal a maioria dos estudos aconselham realizar o procedimento 2 vezes ao ano com intervalos de pelo menos 3 a 4 meses entre as aplicações, que é quando o efeito da Toxina botulínica, tende a diminuir devido a sua durabilidade, conforme descrito nas bulas de cada marca. Deve se ter cuidado no tempo para realizar o retoque, recomenda-se o prazo de 15 a 20 dias após a 1º aplicação, caso contrário o paciente deverá aguardar os 4 meses que será possível uma nova aplicação e não mais o retoque.

Pacientes que desejam fazer o procedimento fora do prazo correto estão sujeitos a imunização e não respondem mais ao fármaco.

Durante o procedimento não é indicado sobrecarregar na quantidade de unidades, pois pode acostumar o organismo a responder apenas com grandes doses, então é necessário conhecer a quantidade ideal de unidade de cada musculatura da face para aplicação também.


Durabilidade depende de fatores diversos:

Pacientes atletas ou que praticam bastante atividade física acabam forçando mais a musculatura e fazem mais mímica facial, então a durabilidade do procedimento também é afetada, afinal a TBA é aplicada diretamente na musculatura. Alguns medicamentos como antibióticos e antiinflamatórios também podem afetar o efeito e a durabilidade.

Pacientes que se expõem a fontes de calor como cozinheiros e pessoas que trabalham expostas ao sol também possuem durabilidade menor. Com isso conseguimos perceber que os resultados dependem muito do estilo de vida do paciente e fatores externos também. É necessário avaliar e alinhar tudo antes da aplicação.

Nossos alunos possuem todas essas importantes informações no curso de Harmonização básico e avançado, fazendo toda diferença no dia a dia e sabendo lidar com contratempos e intercorrências.




SAIBA MAIS SOBRE A CLINIC CURSOS - SÃO PAULO


A Clinic é uma escola especializada em cursos na área da beleza. Ministra cursos de procedimentos estéticos injetáveis como harmonização facial, fios de sustentação, bioestimuladores de colágeno, PEIM, e intradermoterapia. Existe há mais de 3 anos e já formou mais de 2000 profissionais através de professores extremamente qualificados. Sua cultura é acompanhar o aluno até que atinja o sucesso profissional, e para isso não mede esforços em criar ações inovadoras no pós curso para melhor suporte.


Oferecemos conhecimento de alto nível com preço justo! Amamos receber depoimentos dos alunos e nos colecionamos avaliações 5 estrelas =)



Responsável técnico: Dra Paula Caroline Garcia CRBM 32624 - Esteticista; Biomédica esteta; Docente de cursos; Palestrante sobre saúde e autoestima em empresas como Santander, Leroy Merlin etc; Escritora de colunas para revistas de estética; CEO e Coordenadora pedagógico da Clinic Cursos e CEO da Clinic Biomedicina estética; possui experiencia de mais de 11 anos no mercado.


Clinic Cursos - São Paulo SP

209 visualizações0 comentário

Commenti


I commenti sono stati disattivati.
bottom of page